sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Irresistível assim




"É durante o dia que ele aparece, no dia mais branco.
Pássaro.
Bate as asas, voa. Bate as asas, apaga-se.
Bate as asas, ressurge.
Pousa. E depois desaparece.
Com um bater de asas apagou-se no espaço branco.
É assim que se comporta o meu pássaro familiar,
o pássaro que vem povoar o céu do meu pequeno pátio.
Povoar? Bem se vê de que maneira…
Mas permaneço quieto, a contemplá-lo,
fascinado pela sua aparição, fascinado pela sua desaparição."
Henri Michaux


(Ave , abelharuco - local :Douro Internacional) obrigada,Armindo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário,é muito importante pra nós.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.