sábado, 11 de agosto de 2012

A Rua " mais bonita do mundo"

Em Porto Alegra- R.S. - Brasil

Será uma mera causalidade do buscador do Google, ao digitar: “A rua mais bonita do mundo”? Não é por ai…
Será uma mera utopia de um grupo de cidadãos porto-alegrenses que reuniram-se para conseguir o tombamento de uma rua como patrimônio da cidade por sua arborização de 70 anos? Não é utopia, foi o resultado de uma união em torno de uma causa comum: o amor pela beleza natural da paisagem da rua, por sua história e pelo meio ambiente.
Pois é, a rua Gonçalo de Carvalho, no bairro Independência, localizada na cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, recebeu esta honraria merecida: a rua mais bonita do mundo. Além de sua beleza natural, esta conquista é um memorial da luta de seus moradores por sua preservação o que resultou no seu tombamento como patrimônio histórico, cultural e ambiental da cidade, em 2007, pela Prefeitura Municipal. Veja na foto aérea ao lado que, vista de cima, a rua parece um tapete verde!!!!
No meu olhar, a iniciativa dos moradores em torno de uma causa ambiental é um exemplo significativo do valor da espiritualidade no impulsionar as boas ideias, no relacionar-se, harmoniosamente, uns com os outros e com o meio ambiente. Num primeiro momento, este sentido de causa uniu os moradores e foi ganhando adeptos em toda a cidade. Uma justa causa que ganhou notoriedade e chegou à Prefeitura Municipal, a qual foi receptiva e realizou um tombamento considerado pioneiro não só no Brasil, mas também na América Latina.  Os moradores de Porto Alegre já conheciam a fama de cidade mais arborizada do Brasil, mas este prêmio ao nível global, rendeu até um documentário no Teledomingo do dia 14 de agosto, detalhes no blog abaixo.
Uma rua pode ser considerada uma célula social onde existe uma diversidade de pensamentos, crenças, religiões, incluindo ateus, agnósticos, etc. Ela tem sua dinâmica social, uma rede de serviços, uma rotina, os moradores e aqueles que ali vão para vender, pedir ou são simplesmente transeuntes. Ao unir-se em torno de uma causa nobre, houve um sentido de união interessante que repercutiu no seu entorno, em toda a cidade e ganhou o mundo. No meu olhar é uma demonstração viva e atual da força e poder que tem a união, engajamento e o amor em torno de uma causa. O elemento motivador e catalizador que leva a ideia adiante, superando todos os obstáculos, é a espiritualidade que mantem o foco e as melhores expectativas até a vitória final.
O nome do bairro: Independência, demonstra no meu olhar de Arquivista, o alto sentido de liberdade, alteridade que é uma característica do povo gaúcho, como exemplo histórico cito a campanha da Legalidade, que celebra 50 anos, que foi uma luta local pela continuidade democrática e da ordem social, quando o país estava na eminência de um golpe militar. Outro exemplo, na área religiosa, foi que em Porto Alegre, graças ao Positivismo que aqui instalou-se no tempo da república, as novas artes de curar tiveram grande aceitação popular e das elites governantes, como demonstrados no livro da historiadora e pesquisadora Beatriz Weber: “As Artes de Curar.” Outro historiador que pesquisou sobre o espiritismo disse, no Fórum Ciência e Espiritualidade da UFRGS/2007, que este movimento veio para a capital e por aqui desenvolveu-se, por causa da boa acolhida que teve na liberdade de crença nascente e pelo respeito à auto determinação dos povos, amparados pelas ideias políticas e sociais do Positivismo de Augusto Comte, que vigoravam no governo do Rio Grande do Sul.
Que bela lição do processo de luta, engajamento, união, espiritualidade aplicada, individual e coletivamente e a conquista final que a todos beneficia!
Referências
 Blog dos Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho
Weber, Beatriz Teixeira. As Artes de curar – Medicina, Religião, Magia e Positivismo na República Rio-Grandense – 1889-1928. Editora da Universidade USFM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário,é muito importante pra nós.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.