segunda-feira, 25 de março de 2013

Casas com pequenos JARDINS

Mesmo para quem não tem espaço fora de casa, é possível cultivar alguma coisa – manjericão ou alecrim, por exemplo – numa janela ensolarada. “Isto já basta para transmitir aquela sensação de estar ligado à terra.” Felder Rushing



Você acha que a sua casa é pequena? Que você não tem espaço pra nada?
É porque você não conheceu a ‘Casa Pequena” em Toronto, Canadá. Avaliada em 110 mil libras, algo em torno de 297 mil reais, a casa possui 28m² (2m de frente por 14 de profundidade.
A casa foi construída em 1912 e já foi reformada desde então. Hoje ela tem três dormitórios e uma banheira em tamanho natural. Os atuais proprietários continuam a fazer benfeitorias na casa, como jardim e móveis novos.
O interesse de investidores na construção vem crescendo. Já imaginou se vira moda?!Link


ArquivoO piso intervalado disposto em círculos deu movimento à entrada da casa. Algumas pedras foram dispensadas para que ali se cultivassem pequenas plantinhas. Projeto de Paula Galbi. Link

Foto: Pedro Abude Lembrança de infância 

Uma paixão de família. Essa é primeira coisa que se deve saber sobre a jabuticabeira em questão. o amor pela frutífera vem desde a infância do engenheiro José Carlos, quando habitava esta pequena casa geminada com os pais;projeto assinado pela paisagista Cláudia Muñoz, da Línea paisagismo. “a jabuticabeira é uma homenagem ao avô e, por isso, ela está no centro, rodeada por um canteiro de pedriscos”, explica Cláudia. Outras frutíferas, como o limoeiro, ficam acomodadas em vasos de barro.Link 

No pequeno jardim valorizei colocando palmeiras, iluminação de lampiões, um toldo na entrada da casa.Link


Foto: Divulgação
As jardineiras feitas com chapas de ferro oxidado e cortadas de forma onduladas invadem parte do piso de madeira. Em seu interior, as exóticas e suculentas rosas-de-pedra (Echeveria glauca) formam um paisagismo inusitado.Link



A mistura de arbustos e flores plantadas no lugar da grama é um exemplo da maneira como vê jardins,  – ou jardinagem lenta. O termo empresta o nome do movimento slow food, cujos adeptos acreditam no uso de ingredientes produzidos no local e colhidos de maneira ecologicamente responsável.Link


Pois bem em se falando de entradas das casas, apartamentos, escritórios, sempre nos deparamos com pouco ou nenhum jardim, o que é uma pena, mais acreditem, os bons fluídos, o cheiro das flores, o canto dos pássaros, a sombra, as cores quando temos esse jardim tudo isso adentram e antes mesmo de colocarmos os pés dentro já nos sentimos revigorados, o estresse será amenizado ao olharmos o entorno, e assim renovados para um novo dia...
Essa entrada pode ser simples, um vaso com flores, gramado, árvores (caso o espaço permita), mas que seja sua cara, porque um jardim é sempre bem vindo, e por isso traz boas vindas pra você mesmo e pros visitantes, então vamos incrementar, use e abuse de plantas na frente das casas, escritórios, apartamentos...Link

Para uma plantação, é preciso ter no mínimo 50 cm de terra.(Foto Divulgação)
Analisar o espaço é a primeira coisa a se fazer. É preciso verificar se o local possui boa, média ou baixa luminosidade, já que, nem todas as plantas são ideais para lugares com claridade intensa e direta.Link













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário,é muito importante pra nós.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.