quinta-feira, 21 de março de 2013

Ipê-Amarelo: Árvore com a cara do Brasil


Ipê floresce especialmente durante o inverno, entre os meses de junho a agosto.O Brasil possui a maior biodiversidade vegetal do planeta. Com mais de 60 mil espécies conhecidas (suspeita-se que só se conhece 80% das plantas realmente existentes), sendo que é sabido que mais de 2 mil são exclusivas do nosso território, a flora brasileira corresponde a algo em torno de 25% de todas as espécies existentes no planeta.
Mas dentro de toda essa diversidade, que árvore representaria melhor o nosso país, qual delas tem a cara do Brasil?
Rapidamente nos vem à cabeça o Pau-Brasil, árvore que nos deu o nome e que tem até lei instituindo como árvore símbolo nacional. Mas este não floresce em todo território e quando foi escolhido pra ceder seu nome não se conhecia nem metade do que hoje chamamos Brasil. Jacarandá, Aroeira, Cedro, Cerejeira, entre outras árvores poderiam muito bem ser escolhidas como símbolos nacionais por sua abrangência no território.
Mas creio que, por sua beleza, exuberância, resistência, durabilidade, e por ser encontrado em todo território nacional, o Ipê-Amarelo também tem a cara do Brasil.
Ipê é uma palavra de origem tupi, que significa árvore cascuda. Existem outras variações do Ipê (com flores brancas, roxas, rosas, lilás) mas as flores amarelas em contraste com o verde da dão um ar ainda mais "Brasil" ao Ipê-Amarelo. Assim como o Pau-Brasil, o Ipê é citado na lei 6.607/78, mas não havia espaço para duas árvores nacionais, talvez então pela dívida eterna da cessão de seu nome ao nosso país, o Pau-Brasil ficou como árvore nacional e ao Ipê-Amarelo resto o "prêmio de consolação" de flor nacional.
Sua madeira é muito procurada pela resistência (dureza) e durabilidade. A árvore também é procurada para fins decorativos e para arborização de cidades por conta de suas belas flores. Casca e entrecasca do Ipê são usadas para fins medicinais, contra gripes, resfriados e inflamações em geral.
Suas flores nascem ainda no inverno, quando os dias ainda estão cinzentos e sem cor, como que para emprestar o amarelo de suas flores para o ambiente. Em Porto Velho-RO, um Ipê-Amarelo foi cortado e seu tronco foi transformado em poste elétrico. Eis que o "poste" insistiu em continuar vivo, criou raízes e floresceu; sendo hoje atracão turística da cidade. Todos esses fatos e características do Ipê o deixam mais próximo do Brasil e dos brasileiros que qualquer outra árvore. O Ipê tem, definitivamente, a cara do Brasil.

Noticias do Meio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário,é muito importante pra nós.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.